Ansiedade faz você engordar!!!

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo

A ansiedade atrapalha a perda de peso e até faz com que a gente engorde! Identifique o que causa a sua ansiedade e se liberte deste sentimento tão desconcertante.
Esta emoção é sempre gerada por algum tipo de medo, então saiba como mudar suas atitudes

Realmente não sei se é o tempo que está apressado demais ou se é a gente que está cada vez mais ansiosa. Mas uma coisa é certa: a maioria de nós conhece bem esse assunto.

Veja alguns depoimentos de mulheres pra lá de ansiosas. Será que você se identifica com alguma?

Eu não vejo lado bom nem ruim na ansiedade. Só o pior
Sofro muito por ser ansiosa. Estou sempre vivendo no futuro (ou no passado) e isso faz com que eu não consiga curtir o presente, o que chega a ser insuportável e acabo comendo ansiedade. Jogo toda emoção na comida. E não sei como acabar com esse círculo vicioso. Na TPM, então, pior ainda. Vivo essa corrida, essa vida agitada incessante. Minha mente também é cheia desses e se… . Eu os conheço muito bem, tão bem que já viraram uma espécie de entidade. Esses dias eu estava muito nervosa por causa de um paquera e comecei a entrar numa verdadeira viagem mental: E se ele falar aquilo? E se eu responder isso? E se eu agir assim? .

Tudo isso me deixou tão ansiosa que cheguei na festa que eu estava indo e comi. Comi. E comi. Estava na cara que o problema não era real e sim da minha cabeça. Depois que passou, eu olhei para a coisa toda e vi como tudo era bem ridículo. Fazer o quê?

Andrea Pavlovitsch, 31, terapeuta holística

Acho que já nasci ansiosa
E já foi até pior porque eu costumava roer as unhas e pelo menos isso parou. Eu também fumava e não fumo mais. Foram duas grandes vitórias na questão da ansiedade. Mas ainda percebo que tenho uma mente muito agitada. É muito difícil para mim esperar as pessoas terminarem as frases, eu logo atropelo. Como sou produtora, acabo querendo controlar tudo e todos, isso é um inferno. Fui fazer terapia justamente para perceber que não dá pra viver desse jeito.
Já tive até gastrite por ser assim. Sou autônoma e, enquanto não fecho um trabalho, fico doida, me atrapalho toda. Com os relacionamentos também já pisei muito na bola por causa da ansiedade, tipo: sair com o cara pela primeira vez e já ficar imaginando o vestido de noiva. O lado bom da ansiedade é conseguir antecipar as coisas que podem vir a acontecer no meu trabalho.
Eu sou produtora de peças teatrais. Na estréia tenho que lidar com minha ansiedade e a ansiedade de toda a equipe e dos atores. É jogo duro!

Yara Rodrigues, 35, produtora cultural

Minha cabeça também sempre foi cheia desses e se… . Mas aprendi a lidar bem com isso

"Era bem difícil agüentar essa enxurrada de dúvidas. Mas um dia eu me cansei de ser assim, tão racional, e resolvi mudar minha vida e meu jeito de encarar as coisas. Hoje em dia, por exemplo, se fico interessada por um homem, enquanto espero que ele ligue para mim, vou cuidando do cabelo, da pele, da depilação, vou ficando bonita… E uso a energia da ansiedade de uma forma legal. Não deixo mais a situação me descabelar como antes. Me orgulho bastante dessa mudança. Ela significa que não precisamos morrer do jeito que nascemos. Tem gente que quando está ansiosa ataca a comida. Uma verdadeira lástima. Comigo é exatamente o contrário: fico enjoada. Melhor assim, talvez. Ao longo da vida fui criando métodos para baixar a bola. Tipo, descobri que, se faço a mão, acabo não roendo as unhas. Isso funciona. Às vezes os outros que exageram, que me contaminam. Namoro há oito anos e quem acaba me deixando ansiosa são as pessoas que ficam me cobrando casamento e coisa do gênero. Já basta eu de ansiosa e que chega até a sofrer por antecedência. Se preparo uma festa fico me perguntando mil vezes: Será que vai dar certo? Será? Será? Depois quando passa, vejo que tudo era mais simples…

Vanessa Fusco, 25, relações-públicas

A ansiedade na opinião da especialista

A ansiedade é um processo que gira em looping, que gera uma energia, uma emoção que é capaz de tirar todo mundo do equilíbrio Para mudar suas atitudes você precisa ir na causa dessa emoção. Vamos pensar o seguinte: somos como um leque aberto. A maioria das ciências estuda as partes maiores desse leque, que são as informações que você recebeu ao longo da vida. A semiótica, ciência com que trabalho, vai nas argolinhas que prendem essas partes. A principal coisa que faço no meu trabalho é desconstruir as crenças que as pessoas embutem na cabeça por meio do pensamento linear. Quando você desconstrói as crenças que formam obstáculos na sua vida os famosos Eu sou! Eu preciso o seu verdadeiro potencial flui e você começa a conquistar o que realmente deseja: a felicidade. Eu quero , Eu desejo são muito diferentes de Eu preciso! Muito mais leves, inclusive. É necessário tirar esse peso de obrigação dos seus ombros. É preciso entender que a origem de toda ansiedade é o medo. E o medo paralisa. E causa ansiedade, depressão, pânico, etc. O medo é o maior causador de todos os nossos problemas. Pare agora mesmo, feche os olhos e descubra de onde vem esse medo que causa determinada ansiedade em você. Lembre-se: o que você pensa dentro de você é o que o mundo vê.

Fonte: Minha vida

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *