AS PIORES DIETAS DA MODA!!!

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo

Nem adianta copiar as últimas tendências do mundo do emagrecimento. As dietas mais famosas do planeta simplesmente não funcionam. Quem nos permite fazer a afirmação sem titubear e a ciência. Para sermos exatos, os estudiosos do Instituto Nacional da Saúde e Pesquisa Médica Francês. É que eles analisaram questionários respondidos por cerca de 105 mil pessoas mensalmente ao longo de três anos e perceberam que os entusiastas de cardápios restritivos secaram a barriga de forma impressionante. Só que eles recuperaram os quilos perdidos vapt vupt. Na contramão, 76% daqueles que resolveram seguir as recomendações nutricionais menos drásticas e mais, digamos oficiais, não só nocautearam o ponteiro da balança como mantiveram a nova cintura por 6 meses até decretar o fim da dieta.
A conclusão não surpreendeu os especialistas ouvidos nesta reportagem. É impossível se manter fiel as dietas radicais, dessas que propõe o corte total de algum alimento. Fora que o organismo é bem mais astuto do que se imagina. Ao enfrentar uma temporada de vacas magras, ele entende que precisa se preparar melhor para enfrentar futuras contencões. Daí quando a alimentacão normal e estabelecida, sua meta passa a ser estocar energia. Somando o fato que na maioria das pessoas volta a dar garfadas extras como antes, tudo culmina no retorno daqueles quilos elimanados. Por isso, para ser eficiente em longo prazo, uma dieta de emagrecimento não pode se afastar muito daquilo que é familiar ao indivíduo.
Mas atenção, esse motivo, que e mais manjado, nao e o único para voce desisitir de vez, de adrir a planos alimentares excêntricos.Sua saúde é claro deve ser levada em conta. E, quando se exclui, da noite para o dia, algum nutriente, o corpo sofre. Um caso clássico é a retirada brusca de carboidratos da rotina.
Na prática os carboidratos são fornecedores de glicose, suprimento primário das células.Na ausência do nutrirnte, o organismo vai atrás de outro combustível. E, diferentemente do que reza a crença popular, os alvos não gorduras

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *