Coisa Antiga

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo

Ao contrário do que se pensa, anorexia e bulimia não são doenças da vida moderna. Há indícios de casos de anorexia desde o século 16, mas foi somente após 1970 que começou a ser diagnosticada como doença. A bulimia já era famosa na época do Império Romano, com os fartos banquetes e os vomitórios. O diagnóstico médico iniciou-se por volta de 1979. Ou seja, os estudos clínicos são recentes e ainda faltam muitos dados a esclarecer.
O que se sabe é que a maior incidência de anorexia e bulimia se dá nos países ocidentais. Trata-se de uma questão sócio-cultural, pois nesses países imperam o consumismo, o culto ao corpo e a preocupação excessiva com a beleza. Também por esse motivo e, provavelmente por questões hormonais, as mulheres são mais propensas a apresentarem esses transtornos, numa relação de 10 mulheres para cada homem. “Em dez anos de existência, o Ambulim atendeu, até agora, cerca de três homens com anorexia ou bulimia”, afirma o psicólogo Cristiano Nabuco de Abreu, coordenador da equipe de psicologia do Ambulim. “E entre as mulheres, a idade de incidência está diminuindo. Hoje podemos ver meninas de nove ou dez anos que já apresentam sintomas”, alerta ele. É bom lembrar que na adolescência o problema é ainda mais perigoso por ser um período de desenvolvimento, e as meninas, ao invés de perderem peso, simplesmente deixam de ganhar.
Segundo estudos internacionais, a anorexia apresentou um aumento de incidência de 1950 a 1980 e depois estabilizou-se. A bulimia também teve um aumento de registros em 1980, em seguida ficou estável e na década de 90 os casos começaram a reduzir. Porém, entre os especialistas ainda há dúvidas se os casos realmente se elevaram ou se o que ocorreu foi um crescimento dos diagnósticos. Mesmo assim, os dados assustam. “A prevalência é considerada baixa, mas é preciso tomar muito cuidado pois, dentro de todos os transtornos psiquiátricos, a anorexia é o mais grave. A taxa de mortalidade chega a 0,5% no mundo entre as mulheres jovens”, diz a psiquiatra Veruska Lastoria. Estudos clínicos internacionais de 2003 (os mais recentes nesse aspecto) revelam que no mundo são registrados cerca de oito casos de anorexia para cada 100 mil habitantes e 30 casos de bulimia para cada 100 mil habitantes.
Das três doenças que compõem os transtornos alimentares, a maisre cente é a compulsão alimentar, que teve seu boom por volta da década de 90. As informações são escassas e a classe médica não possui dados sobre os casos registrados, seja no Brasil ou em qualquer parte do mundo. Sabe-se apenas que na com pulsão, os homens estão em pé de igualdade com a população feminina, chegando a um homem para cada uma mulher e meia.

Fonte: Vida e Saúde

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *