Mande as estrias embora

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo

Elas figuram reluzentes na lista dos principais pesadelos da mulheres e surgem porque as fibras elásticas da pele literalmente arrebentam. A predisposição genética é o fator de maior risco para o estiramento abrupto do tecido. O crescimento e ganho de peso em excesso são responsáveis por desencadear o processo , explica Mônica Fiszbaum, da Soecidade Brasileira de Dermatologia.
A luta contra essa inimiga é antiga, mas o surgimento de tratamentos cada vez mais modernos são capazes de minimizar a aparência da listrinha. Sim, elas já podem ser amenizadas, entretanto ainda não é possível eliminá-las. Ao lado das cicatrizes da acne, as estrias são as duas patologias que o dermatologista não consegue reverter totalmente , afirma Mônica, que também é membro da Academia Americana de Dermatologia.

O sucesso do tratamento vai depender do estágio da famigerada lesão. As estrias recentes são vermelhas e largas, causadas pelos vasos dilatados da inflamação. Após alguns meses, as células se acalmam e se compactam formando estrias brancas e profundas. Para atingir melhores resultados, o ideal é mesclar diferentes técnicas de regeneração.

Luz intensa pulsada
A técnica é recomendada para estrias avermelhadas. A luz emitida pelo aparelho fecha os microvasos sangüíneos liberados pela inflamação do rompimento das fibras. O laser aquece a pele e provoca a formação de colágeno, ajudando a preencher a depressão e reduzir a largura da estria. O tratamento não é doloroso, pois usa-se um creme analgésico , avalia Mônica.
Melhora: 50 a 70%
Sessões: 5 a 6, uma a cada 15 ou 30 dias.
Preço: R$ 250 a R$ 500 por sessão.

Intradermoterapia
Consiste na aplicação de substâncias na pele, como a vitamina C, para estimular a produção de colágeno. A agulha percorre o trajeto da estria ponto a ponto, ameniza a coloração e reduz um pouco a largura.
Melhora: 50%
Sessões: 6, uma a cada 15 dias Preço: R$ 150 a R$ 300 a sessão.

Peeling
O peeling é o procedimento que provoca a descamação na epiderme, fazendo com que surja uma camada mais nova e saudável. O peeling de cristal, feito com jatos de cristais de hidróxido de alumínio, associado ao peeling à base de ácido retinóico, é indicado para estrias brancas, daquelas em que é possível sentir o relevo quando se passa a mão. O método estimula a renovação celular e a produção de colágeno e elastina por esfoliação mecânica. Não provoca dor e garante 40 a 50% de correção , explica Mônica.
Melhora: 40 a 50%
Sessões: 6, uma a cada 15 dias.
Preço: R$ 100 a R$ 180 por sessão.

Carboxiterapia
Uma injeção de gás carbônico com agulha curta e fina no tecido subcutâneo. O gás entra na derme, causa vasodilatação e aumenta oxigenação local, estimulando formação de fibras elásticas.
Melhora: de 50 e 60%
Sessões: 10 a 15, 1 por semana.
Preço: R$ 100 a R$ 150, a sessão

Água para encher a pele de vitalidade

Hidratar a pele é o método mais recomendado para ajudar a prevenir o aparecimento dessa maltraçada linha. A hidratação fará com que a pele ganhe mais elasticidade e obtenha melhores condições para se esticar , avalia Mônica Fiszbaum. A dermatologista recomenda usar cremes ricos em lactato de amônia, uréia e óleo de amêndoas, que têm grande capacidade para repor água.

A vitamina E também é uma arma poderosa para fortalecer as fibras elásticas. A cada ano, recomenda-se tomar 200 mg de vitamina E uma vez por dia e durante três meses. Isso vai ajudar a revigorar o tecido , garante Mônica. A técnica só não é recomendada para pessoas com problemas no fígado.

Utilizar cosméticos como forma de suavizar as listras não é o caminho mais indicado, pois o resultado é apenas superficial. Os produtos amenizam a aparência das estrias, mas não a sua profundidade. Ao suspender o tratamento, após algum tempo, a melhora vai se dissipar , afirma a dermatologista Mônica Fiszbaum

Fonte: Minha Vida

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *