QUEM OU O QUÊ IMPEDE SEU SUCESSO?

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo

Você mesma!

Mate esse velho “você”. Depois, deixe nascer um “você” renovado, cheio de determinação, livre das amarras, do medo e da falta de esperanças.
Você se lembra do que prometeu a si mesma no início do ano? Duvido que não tenha estabelecido uma meta, feito uma daquelas promessas típicas de Ano Novo… E então, cumpriu? Se a resposta for afirmativa, você merece meus parabéns. Pena que todas não possam dizer o mesmo. Verdade. O que mais vejo por aí é gente triste se queixando de fracasso nesse quesito. É sempre assim, a gente traça um rumo, elabora um plano e, então, aparece alguma coisa ou alguém para atrapalhar. Por exemplo, você decide que vai correr no parque todo dia de manhã. Mas, bem no dia em que vai começa cai aquele toró. Correr na chuva é pedir demais, não dá pra encarar, né? O pior é que no dia seguinte, você já perdeu o pique e não quer mais saber de se aventurar num jogging saudável…
Mesmo quando o compromisso é outro, como o de dar uma trégua ao bolo de chocolate e se alimentar de forma mais saudável, alguma coisa acontece e sai tudo errado. Quer ver? Basta o namorado (aquele ingrato!) lhe dar o maior fora para você quebrar na hora o juramento. Afinal, não é possível superar a dor-de-cotovelo sem um delicioso bolo de chocolate, não é mesmo?
Olha, sinceramente eu sugiro que você dê um jeito em quem está atrapalhando o seu sucesso. O que me faz lembrar de uma história… Dizem que havia uma empresa que estava indo quase à falência. E todos se queixavam da rotina e da falta de oportunidades de crescimento.
Até que, um dia, os funcionários encontraram, logo na entrada da empresa, um cartaz em letras graúdas com os dizeres: “Faleceu a pessoa que impedia seu crescimento na empresa. O velório está sendo realizado no salão social”. De imediato, o sentimento foi de surpresa: “Morreu alguém da empresa!” E logo depois, veio a pergunta: “Mas quem era esse infeliz que estava me atrapalhando?” No centro da sala, as pessoas faziam fila para ver o falecido. Abaixavam-se, curiosas, e depois saíam desconcertadas, em absoluto silêncio, com uma expressão de susto e profundo pesar. No caixão, havia simplesmente um espelho. Todos enxergavam-se a si mesmos.

Aposte em você!
Isso significa dizer que, se existe alguém que pode atrapalhar os seus planos, esse alguém é você. Da mesma maneira que, se há uma pessoa no mundo capaz de levar você para a frente, essa pessoa não é outra senão você. Mas não esse você como é hoje. Estou falando de outro “você”. Um “você” renovado, livre das amarras, do medo, da falta de esperança. No entanto, para esse novo ser vir à tona, é preciso enterrar o velho. Por isso, eu aconselho que mate esse velho ser, sem dó nem piedade. E, então, despeça-se dele. É difícil abandonar velhos hábitos, velhos vícios, velhos preconceitos… Mas, depois que o luto passar, assuma uma vida nova, vibrante e ativa. Note bem: eu não estou sugerindo que tente ser o que não é.
De jeito nenhum, pois a falsidade nunca é duradoura, prova disso são essas promessas de Ano Novo que se sucumbem nos primeiros meses… Sugiro apenas que você tente extrair de si mesma a melhor pessoa que puder com aquele poder de transformação que todo o mundo tem. Tenha a certeza de que, dentro de cada uma de nós, há sempre algo novo e precioso, esperando somente uma oportunidade para vir à luz.

Fonte : Dieta Já: Luculia Diniz

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *