Quais os efeitos colaterais da cirurgia?

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

E as plásticas quando posso fazer?

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Couvert

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Fuja dos gordos e entregue-se aos magros.
Fique por dentro das calorias dos clássicos couvert para não cair mais em armadilhas.
Evite ao máximo!
» Alichella (2 colheres de sobremesa)- 122 calorias
» Parmesão em lascas (30 gramas)- 128 calorias
» Azeite aromatizado (1 colher de sopa) – 120 calorias
» Minipão de queijo (2 unidades) – 140 calorias
» Torrada de alho e azeite (2 unidades) – 82 calorias
» Pão italiano (1 fatia media) – 120 calorias
» Patê de queijo gorgonzola (1 colher de sopa) – 87 calorias
» Patê de azeitona e maionese (1 colher de sopa) – 104 calorias
» Manteiga (1 colher de sobremesa) – 136 calorias
» Azeitona preta temperada com azeite (4 unidades) – 66 calorias
» Minicroissant (1 unidade) – 110 calorias

Vá devagar!
Berinjela com pouco azeite (1 colher de sopa) – 47 calorias
» Patê de ricota com ervas (1 colher de sopa) – 43 calorias
» Pão sueco (1 unidade pequena) – 45 calorias
» Minitorrada (2 unidades) – 42 calorias
» Minitorrada integral (3 unidades) – 45 calorias
» Gnssini com gergelim (1 unidade) – 41 calorias
» Rodela de mussarela de búfala e tomat&cereja com manjericão (1 unidade) – 32 calorias
» Escabeche de sardinha (unidade com um fio de azeite) – 57 calorias
» Tomate seco (4 unidades sem excesso de azeite) – 52 calorias
» Azeitona verde com ervas (4 unidades) – 36 calorias

Dá pra Liberar!
» Sardela (1 colher de sopa) – 29 calorias
» Tremoço (1 colher de sopa) – 19 calorias
» Atum com ervas (1 colhe de sopa) – 27 calorias
» Palitos de pepmo, cenoura e salsão – (2 un de cada um) – 15 calorias
» Cogumelo temperado (4 unidades) – 8 calorias

TROCAS INTELIGENTES
Às vezes, o couvert vale tanto quanto o prato principal ou o acompanhamento. Fique esperta!
1 min francês com manteiga (15 g) = 1 posta (110g) de salmão com alcaparras = 196 calorias
1 colher (sopa) de patê de queijo = 1 xícara (chá) de legumes no vapor = 69 calorias
2 mini pães de queijo = 3 colheres (sopa) de purê de batata = 140 calorias
1 colher (sopa) de berinjela marinada = 1 saladinha verde com molho de mostarda = 48 calorias
3 grissinis = 2 colheres (sopa) de farofa simples = 123 calorias
Parmesão em lascas (60 g) = 2 lascas de churrasco sem gordura (130g) = 256 calorias
4 azeitonas com azeite = 1 porção de vegetais grelhados (8 fatias de legumes variados) = 66 calorias

Tipos de Adoçantes

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Sacarina
Derivada do petróleo, é solúvel em água e pode ser consumida por diabéticos. Adoça de 200 a 600 vezes mais do que o açúcar.
Ingestão diária: 5mg/kg.

Ciclamato
Também pode ser consumido por diabéticos só que adoça menos que a sacarina de 30 a 80 vezes mais que o açucar.
Ingestão diária: 11mg/kg.

Aspartame
É uma combinação de aminoácidos presentes em frutas, leite e carnes. Ele possui calorias (4cal/g) e não pode ser levado ao fogo, pois perde o dulçor. Liberado para diabéticos. Adoça de 180 a 300 vezes mais que o açucar.
Ingestão diária: 40mgKg

ATENÇÃO! O aspartame é vetado para quem sofre de fenilcetonúria (doença em que o
corpo não consegue quebrar as moléculas da fenilanina, substância presente nesse
adoçante). Consulte o seu médico.

Acessulfame-K
Derivado do potássio, ele é pouco solúvel em água e pode ser utilizado pelos diabéticos. Adoça de 200 a 300 vezes mais do que o açúcar.
Ingestão diária: 5,5mg/kg.

Estévia
Tem origem natural (do arbusto Stevia rebaudina, comum na fronteira Brasil-Para guai) e também é liberado para os diabéticos. Adoça de 100 a 300 vezes mais do que o açúcar.

Fonte: Dietas Ano 4 ed 8

ATENÇÃO! O aspartame é vetado para quem sofre de fenilcetonúria (doença em que o
corpo não consegue quebrar as moléculas da fenilanina, substância presente nesse
adoçante). Consulte o seu médico.

O paciente só passará pelo desconforto do vômito se comer além do limite ou não mastigar bem os alimentos.

Fonte: Revista Corpore

O tempo ideal para a realização da cirurgia plástica é de um a um ano e meio após a cirurgia da obesidade, pois o paciente já está com o peso quase estabilizado e recuperado da cirurgia bariátrica. Realizar as duas ao mesmo tempo aumenta os riscos e é desnecessário porque o paciente ainda irá sofrer uma perda significativa de peso e pode necessitar de nova cirurgia plástica.

Fonte: Revista Corpore