Para que é indicada a cirurgia plástica

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Indicações

O número de adolescentes que procuram a cirurgia plástica está aumentando também. O ideal é que seja feita após os 18 anos, que é a idade que o corpo está mudando e também quando há maior conscientização sobre o problema. Antes disso, o recomendado é o regime acompanhado por profissional especializado, endocrinologista e nutricionista. “Esse aumento na procura pela cirurgia, tanto por adolescentes como por adultos, se dá por causa do desenvolvimento
da técnica. Não há mais tanto risco de morte como antigamente e também
está mais acessível”, diz o Dr. Alexandre.

Fonte: Corpo e Plástica

Plástica depois da cirurgia de estômago

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Vida nova!
Depois da plástica é possivel esquecer que um dia se foi obeso, ganhando
novas formas que fazem valer a pena encarar o bisturi.
A obesidade mórbida (pessoas com Índice de Massa Corpórea (acima de 35 ou 40) fez surgir nos consultórios dos cirurgiões plásticos um novo tipo de paciente: aquele que eliminou muito peso em pouco tempo e precisa passar por cirurgias de retirada de pele para ganhar um novo contorno corporal. “Antigamente era comum emagrecer 80 quilos devagar, com remédios, dietas e as sobras de pele não eram exageradas. Hoje, com a operação bariátrica, é possível emagrecer 100 quilos em um ano. Não estávamos habituados a esse perfil”, afirma o cirurgião plástico do Hospital Sírio-Libanês, Alexandre Piassi Passos. Dados da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso) indicam que são realizadas cerca de 25 mil cirurgias bariátricas, conhecidas como cirurgias de redução do estômago, por ano. “A plástica em ex-obesos tem função muito mais reparadora do que estética. Por isso, é essencial uma boa orientação
e o acompanhamento de médico, nutricionista e psicólogo para saber conviver
com as cicatrizes. Não dá para trocar o problema de excesso de pele pela rejeição da cicatriz”, explica o cirurgião plástico.
Qualquer cirurgia só deve ser feita se houver um equilíbrio entre as condições
orgânicas e psicológicas do paciente. Cerca de 15% a 30% dos que têm o estômago reduzido volta a engordar por ansiedade, medo da nova vida e, com isso, perde-se o resultado da plástica. É necessária uma reeducação alimentar e a prática
de exercícios para poder encarar a vida nova. Outro ponto a ressaltar é que esse procedimento não é indicado para quem ainda está perdendo peso. Deve ser feito quando a pessoa estiver mantendo seu peso por oito meses a um ano. De acordo com o Dr. Alexandre, até os 40 anos, em média, a retração cutânea é relativamente boa. Porém, a perda de 30 até 60 quilos é muito grande para qualquer organismo manter a elasticidade da pele, sendo inevitável a perda das formas do corpo.

Fonte:Corpo & plástiCa

Dieta poderosa

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Magra e com uma barriga linda em pouco tempo

Além de mudar seus hábitos alimentares, este cardápio pode fazer você perder até 3kg por semana. Acabe já com a barriguinha saliente, os pneuzinhos, os culotes e aqueles indesejáveis quilinhos a mais.

Segunda-feira
Cafe da manhã
1 fatia de mamão
2 fatias de pão light torrado
Café, chá-mate ou chá preto
Almoco
1 Filé de peixe cozido com temperos picantes e cenoura, brócolis e champignons na chapa.
Lanche
3 torradas de soja e chá de erva-cidreira
Jantar
Sopa de cenoura com noz-moscada e 2 fatias de pão
Ceia
1 maçã cozida ou assada (no forno ou no microondas) com canela
1 xícara chá de erva-doce

Terça-feira
Café da manhã
1 copo de água morna
2 fatias de pão light torrado
2 colheres (sopa) de pasta de ameixa com damasco
1/2 mamão papaia
Café, chá-mate ou chá preto
Almoco
Peito de frango na chapa com temperos fortes e jardineira de cenoura, chuchu e vagem
Lanche
3 biscoitos cream cracker
Beba um litro de chá com abacaxi e canela (ao longo da tarde)
Jantar
Sopa de beterraba
2 fatias de pão light
Ceia
Abacaxi fatiado, assado no forno convencional ou no microondas, com cravo, canela e suco de limão

Quarta-feira
Café do manhã
1 copo de água morna
1 fatia (1OOg) de abacaxi assado
2 colheres (sopa) de geléia de ameixa com damasco
2 fatias de presunto de peru
Chá de erva-cidreira ou café
Almoço
Espaguete ao sugo e temperos fortes
Lanche
2 torradas de glúten com geléia diet de morango
Chá de camomila
Janta
Sopa de abóbora com
noz-moscada
Peito de frango acebolado feito na chapa com shoyu
Ceia
1 pêra cozida em água ou no vapor ou assada com canela em pó
Chá de erva-doce com 1 cravo

Quinta-feira
Café da manhã
1 copo de água morna
1/2 mamão papaia
2 fatias de peito de peru defumado
Café, chá-mate ou chá preto
Almoço
Peito de frango grelhado
Quiabo cozido e couve refogada
Lanche
3 biscoitos cream cracker
2 xícaras (chá) de maçã com canela(ao longo da tarde)
Jantar
Sopa de agrião, batata e cebola
2 fatias de pão light torrado
1 colher (sobremesa) de ricota
Ceia
2 torradas de glúten e geléia diet de laranja

Sexta-feira
Cafê da manhã
1 copo de água morna
2 fatias de pão light torrado
Suco de mamão batido com 2 ameixas secas
Café, chá-mate ou chá preto
Almoço
Bacalhau cozido com temperos fortes
Brócolis cozido à vontade com azeite virgem
Lanche
Escolha uma das opções de frutas que seguem para comer: 2 pêssegos,
2 ameixas ou nectarinas ou 1 xícara (chá) de morango
Beber 1 litro de chá de cavalinha com canela
Jantar
Sopa de frango com cenoura e temperos fortes
1 omelete feito com duas claras e uma gema
Se for a um restaurante,
peça peixe cozido com frutos do mar
Ceia
Escolher uma das frutas indicadas
no lanche da tarde
Chá de louro

Sábado
Cáfé da manhã
1 copo de água morna
2 fatias de peito de peru em forma de presunto ou blanquet
2 fatias de pão integral light torradas
Café, chá-mate ou chá preto
Almoço
Frango xadrez light
Lanche
Escolher entre 2 pêssegos, 2 ameixas, 2 nectarinas, 2 lichias ou
1 xícara (chá) de morango
2 xícaras de chá de catuaba, marapuama ou ginseng ao longo da tarde
Jantar
Sanduíche de atum
Se for a um restaurante,
peça filé de peixe grelhado incrementado com aspargos
Ceia
Abacaxi grelhado com shoyu e canela

Domingo
Café da manhã
1 copo de água morna
2 fatias de pão diet torrado
1 colher (sobremesa) de cream cheese light
2 fatias de presunto de peru
Café, chá-mate ou chá preto
Almoço
Peito de frango
Couve refogada
Salada de alface incrementada com tomate-cereja e aspargos
Lanche
3 fatias de abacaxi grelhado com shoyu ou canela
Jantar
1/2 mamão papaia
2 colheres (sopa) de geléia de ameixa ou damasco light
2 colheres (sopa) de granola
Chá de camomila
Ceia
1 torrada
Gelatina diet de maçã
Geléia de ameixa com damasco

Fonte: Dietas Ano 4 ed 8

Ansiedade inimiga da balança!!!

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

A culpa do seu peso pode ser a sua ansiedade!!!
Veja quantas das afirmações abaixo tem relaçã como o seu jeito de ser e, depois comfira os resultados.
1. Tenho dificuldades em colocar em prática tudo o que quero
2. Demoro pra pegar no sono pensando nso problemas do dia seguinte.
3. Preocupo-me demais com trabslho, filhos, , família, etc.
4. Fico impaciente quando não consigo atingir meus objetivos
5. Odeio críticas e não reajo bem quando as recebo.
6. Não consigo relaxar depois de um dia corrido.
7. Costumo ficar muito cansada e com dificuldade de conentração.

DE 0 a 3 afirmações – Mais Calma, ás vezes você se espanta com alguns problemas do dia-a-dia. mas isso está dentro do considero normal e a sua ansiedade é somente passageira, sem trazer danos pra sua dieta.

De 4 a & – ANSIOSA DEMAIS, Cuidado! As questões cotidianas tiram você do serio mais do que deveriam, oque atrapalha demias sua vida e detona sua dieta!

DICA: Tente relaxar com terapias alternativas como:

Acunpultura – Para o chineses, criadores desta técnica, o corpo é formado por meridianos que possuem canais de enegia. Esses canias se relacionam a várias partes do organismoe ao espetar agulhas no local correto, as energias equilibram-se, deixando a pessoa mais calma com uma sensaçã de bem-estar.

Ioga – Ajuda a atingir o equilibrio mental, físico e espiritual por meio de exercícios de concentração, meditação, flexibilidade e respiração. essa atividade desenvolve a postura e o alongamento.

Meditação – Pensar em nada é a base da arte de meditar. Com apenas alguns minutos diráios, você vai se sentir mais equilibrada e disposta, pois a meditação ajuda a livrar a mente de preocupações e fornece serenidade para resolver problemas.

Florais – Esses líquidos preparados com essências de flores são uma espécie de remédio para as emoções: deiamo o corpo e a mente em total harmonia e aliviam sensações de angústia e medo.

Massagens Relaxantes – Existem várias técnicas que podem ajudá-la a relaxar. A massagem Ayurveda, por exemplo, elimina toxinas do organismo, deixa o corpo mais purificado e libera o excesso de energia. Já o shiatsu é um tipo de massagem que consiste em desfazer nódulos de tensão que existem no corpo, impedindo a energia de circular e, causando tensão muacular e estresse.

O homem fast food

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Assista o DVD do filme/ documentário Super Síze Me (Me aumente), dirigido pelo cineasta norte-americano Morgan Spurlock, de 33 anos. Ele mesmo foi o ator principal de uma trama nada saudável: passar 30 dias comendo apenas nas lanchonetes McDonald’s. Vale conferir o que aconteceu com o organismo de Morgan nesse período, ao mesmo tempo monitorado por uma equipe médica. Coincidentemente, na mesma época de lançamento do filme, a rede McDonald’s, que serve refeições para cerca de 2.5 milhões de pessoas por dia, só no Brasil, passou a oferecer opções mais saudáveis, como saladas. e retirou do cardápio as opções extra grande.

O custo da operação é calculado em torno de 15.000 a 35.000 reais, que geralmente é coberto pelos convênios particulares e pela rede pública- nessa, no entanto, a fila é muito mais lenta

Cuidado com as calorias do couvert

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Comer fora com os amigos, o namorado ou a familia é um dos programas que você mais gosta? Então aproveite. Mas, se quiser um conselho, aprenda a identificar e vencer as pegadinhas calóricas dos restaurantes. Não se engane pensando que o perigo está só nos pratos principais preparados com manteiga ou creme de leite e nas enormes sobremesas açucaradas. O couvert também tem ciladas — e das boas! Apesar do visual inocente, os pequenos potes trazem delícias quase sempre mergulhadas no azeite — a berinjela marinada é tradicional — e acompanhadas de pão, muito pão (um mais tentador que o outro!), Resistir é uma prova de fogo quase impossível de vencer, principalmente porque essas comidinhas são colocadas diante dos nossos olhos no auge da fome. E aí não tem jeito: enquanto você espera o garçom trazer seu pedido, belisca uma torradinha de alho aqui, um minicroissant com patê de queijo ali e, sem perceber, chega a consumir nada menos que 600 calorias! Se não der para trocar o couvert por uma entrada menos calórica (afinal, outras pessoas da mesa podem querer os petiscos), veja o que as nutricionistas Samantha Macedo, da Equilibrium Consultoria em Nutrição & Bem-Estar e Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional, as duas em São Paulo, recomendam para deixar os beliscos mais amigos em cinco situações diferentes.

Couvert da casa
Você senta à mesa e lá vem o garçom com a tradicional berinjela marínada, pãozinho, manteiga, torradinha de alho, palitas de cenoura e pepina, azeite aromatízado. Não deu para comer só os legumes? Pelo menos evite cair de boca no pão com manteiga:troque-a por um fiozinho de azeite e procure pedir uma opção leve no prato principal. E esqueça a sobremesa e o refrigerante (peça uma limonada, um suco de maracujá com adoçante ou uma água acompanhada com uma rodela de laranja ou limão).

Sistema de bufê
Antes de começar a colocar as comidinhas no prato, dê uma olhada geral no balcão do couvert. É uma ótima maneira de fazer combinações interessantes só com as opções mais leves. Quer ver: torradinhas simples (três feitas de pão francês) acompanhadas com patês à base de ricota, cream cheese ou queijo cottage, e cenoura, pepino, salsão em tiras e tomate-cereja. Outras interessantes são: azeitona, palmito, aspargo, fundo de alcachofra, picles, kani kama, cogumelo, salmão marinado e carpaccio.

Vai pedir nhoque?
Esqueça os pâes do couvert — mesmo os mais light. Prefira legumes (berinjela, abóbora, cenoura e abobrínha) grelhados, patês levínhos (ricota com ervas) e, no máximo, azeitonas (só quatro e com pouco azeite).

Pão é sua paixão
Confirme se o restaurante oferece a versão integral. Se não, coma meio pão francês sem miolo. O índice glícêmico (IG) do pão branco é alto e, por isso, estimula a produção de insulina em larga escala (em excesso, esse hormônio faz o corpo acumular mais gordura, lembra?), além de abrir o apetite. Compense o poder que esse alimento tem de engordar com um prato principal rico em proteínas magras (atum, salmão, frango, peru) grelhados. E complemente a refeição com vegetais e frutas com 0 baixo (salada verde e abacaxi, por exemplo).

A salada primeiro
Se, ao chegar, você pedir de cara uma salada de folhas verdes, vai reduzir bem o poder que as opções do couvert, especialmente o pão, têm de engordar. As fibras das folhas e legumes diminuem a velocidade com que os carboidratos são transformados em açúcar no sangue, de novo poupando o organismo de uma enxurrada de insulina, A proteina — de um carpaccio, por exemplo — também ajuda a segurar o índice glicêmico dos carboidratos e, com isso, a refeição engorda bem menos.

Outro bom começo
Dependendo do restaurante, você pode dispensar o couvert e começar sua refeição com entradinhas leves e interessantes como estas
Casquinha de siri: rica em proteína, dá uma boa sensação de saciedade e reduz o índice glicêmico da refeição. A unidade (120 g) tem 188 calorias.
Coquetel de frutos do mar: essa é outra opção com bastante proteína. Uma porção (200 g) com ostra e camarão (sem molho) tem 135 calorias.
Carpaccio (6 fatias finas) com rúcuta, molho de mostarda e alcaparras (sem parmesào): fonte de proteína, fibras e um pouco de carboidrato. Tem cerca de 112 calorias.

Fonte : Boa Forma ed 225

Frango

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Peito de frango na chapa com temperos fortes
Ingredientes
500g de peito de frango, sem pele e lavado em água corrente
4 cebolas médias cortadas de comprido
1/2 xícara (chá) de shoyu
Caldo de limão
1 colher (chá) de noz-moscada
1 pitada de páprica
1 colher (sobremesa) de mostarda
1 colher (chá) de óleo de canola, girassol ou milho
Sal a gosto
Modo de preparo
Faça o molho com o shoyu, o suco de limão, a noz-moscada, a páprica, a cebola e o sal. Deixe os filés descansarem nesse molho por 10 minutos. Unte uma frigideira não aderente e aqueça-a. Leve os filés para serem tostados, junto com as cebolas do molho. Mostar da acompanha bem esse frango.
Rendimento: 4 porções
Calorias por porção: 180

Frango assado com ervas ao limão
Ingredientes
1 frango inteiro sem miúdos (aprox. 2 kg)
1/2 c.c. de sal
1/2 c.c. de pimenta-do-reino
1 limão grande partido ao meio
6 dentes de alho descascados e inteiros
3 galhos de tomilho fresco
3 galhos de sálvia fresca
Folhas de espinafre e galhos de sálvia e tomilho para decorar
Modo de Preparo
Preaqueça o forno a 200°C. Esfregue o peito de frango por dentro e por fora com o sal e a pimenta. Esprema a metade do limão por todo o peito. Coloque a outra metade dentro do peito junto com o alho e as ervas frescas. Costure a fenda ou prenda com palitos para fechar. Amarre as coxas.
Coloque o frango numa assadeira antiaderente com o peito para cima. Asse por 2 -2:30 h ou até ficar dourado por fora e macio por dentro. Verifique se já cozinhou espetando um garfo na carne e sair somente um líqüido claro. Retire do forno. Aguarde por 10 min. Antes de cortar.
Retire o limão e as ervas de dentro do frango e descarte. Fatie e arrume num prato guarnecido com as ervas frescas. Retire toda a pele antes de servir. Rendimento: 8 porções
Calorias: 180 por porção
Fonte: Vililantes do Peso

Sopa de frango com cenoura e temperos fortes
Ingredientes
4 xícaras (chá) de água fervente
500g de frango cozido desfiado
2 cenouras grandes cortadas em rodelas finas
2 cebolas médias 2 dentes de alho
1 talo de alho-poró picado
1/2 talo de aipo picado
1 folha de louro
1 pitada de noz-moscada
1 cebolinha e salsa picadas
1 colher(chá) de óleo de canola, girassol ou milho
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Modo de preparo
Cozinhe por 30 minutos as cenouras, o alho-poró, o aipo, o louro e uma cebola picada. Em outra panela, refogue no óleo a outra ce bola, ralada, com os dentes de alho picados e o frango desfiado para dourar levemente. junte esse refogado à sopa para cozinhar nos últimos 5 minutos. Acrescente a noz-moscada, o sal e a pimenta-do-reino a gosto. Salsa e cebolinha picadas devem ser adi cionadas só no final, sobre a sopa pronta.
Rendimento: 4 porções
Calorias por porção: 225

Depressão pós cirurgia

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Na maioria dos casos de depressão e suicídio pós-cirúrgico, os pacientes já tinham um quadro de alteração psiquiátrica. É por isso que a avaliação psicológica e o acompanhamento médico são tão importantes. Problemas como a depressão raramente são causados pela cirurgia, mas a operação pode ampliar sintomas de condições já existentes. Costuma-se perguntar para os pacientes se eles estão felizes, se recomendariam a cirurgia e se fariam de novo. A resposta é, na maioria esmagadora das vezes, positiva. Apenas uma mulher, em todos esses anos, disse que se arrependeu da cirurgia
A Organização Mundial de Saúde estima que, a cada ano, 300 mil pessoas morram em decorrência de complicações causadas pela obesidade. Nem todo obeso pode passar pela cirurgia. Quem se submete ao procedimento precisa estar dentro de certos parâmetros de índice de massa corporal.
Há também os obesos que são operados por profissionais pouco qualificados e precisam, anos depois, passar por outra cirurgia para consertar problemas causados pela primeira. O cirurgião Nilton Kawahara, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), diz que quase 70% dos pacientes operados que não seguem as orientações médicas à risca voltam a ganhar peso:
De todos os pacientes que nos procuram, 50% deles são para re-operações, na maioria mulheres, que foram submetidos a técnicas incorretas e atualmente voltaram a ser obesos mórbidos. Destes, 25% foram submetidos a métodos inadequados e o restante não seguiu as orientações de dieta, atividade física e apoio psicológico da equipe multidisciplinar.

Fontë: O Globo

No dia 8 de fevereiro foi aprovada,pelo FDA, e no dia 15 de junho começou a ser vendida a primeira medicação que não precisa de prescrição médica para o tratamento da obesidade. O medicamento é fabricado pela GlaxoSmithKline, tem o nome de Alli e reduz a quantidade de gordura dos alimentos absorvida pelo organismo. É uma versão com a metade da dose do medicamento conhecido como Xenical, produzido pela Roche AG. Enquanto o Alli tem 60 mg de orlistat, o Xenical tem 120 mg desta mesma substância em sua composição.
O FDA (Food and Drug Administration) liberou o uso do Alli para adultos com sobrepeso e enfatizou que a medicação deve ser usada juntamente com uma dieta de baixa caloria, pobre em gordura e associada a uma prática regular de atividades físicas para que seja obtido um resultado satisfatório.
A embalagem do medicamento vem dizendo que, para cada 2268 gramas perdidos por dieta, o Alli pode ajudar uma pessoa a perder de 900 a 1360 gramas a mais.
Cerca de 28% dos usuários do Alli, nos estudos realizados, perderam 5 a 10 % de seu peso corporal por um período de 6 meses, comparados a 18% dos que receberam placebo.
O medicamento pode ser usado 3 vezes ao dia nas refeições. Ele age reduzindo em 25% a quantidade de gordura que o organismo absorve. A gordura não digerida é eliminada pelo intestino, o que pode causar efeitos adversos como gases ou eliminação de fezes com gordura. Uma dieta pobre em gordura reduz esses efeitos colaterais. As pessoas que vão utilizar esta medicação devem usar um polivitamínico ao deitar para evitar a perda de certos nutrientes, acrescenta o FDA.
Alli é o primeiro medicamento para perda de peso sem prescrição médica aprovado pelo FDA. O preço será de 2 dólares por dia.
No Brasil, não há previsão de entrada da medicação ao mercado.
Pessoas que receberam transplante de órgão não devem usar esta medicação pelo risco de interações medicamentosas. Aqueles que usam anticoagulantes ou que estão sendo tratados para diabetes ou doenças da tireóide devem consultar um médico antes de usar o Alli.
O Xenical, da Roche, e o Meridia, do Laboratório Abbott, continuam sendo vendidos com prescrição médica e o laboratório Sanofi-Aventis espera a aprovação do Acomplia, outro medicamento para a perda de peso.

Fonte: Food and Drug Administration