E Obesidade mórbida?

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Tem duas possibilidades de se fazer a cirurgia, uma é através de um corte abdominal de 10 a 15 cm mais ou menos, começando um pouco abaixo do peito.
Outra é através da video laparoscopia onde não há corte, são somente 6 pequenas incisões.
Há vantagens e desvantagens nos dois casos, se for feito o corte a cirurgia fica melhor visivelmente e se houver algum problema fica mais fácil de resolver, porém a recuperação é mais demorada e dolorida e devido ao corte o risco de infecção hospitalar também aumenta. Se a opção for pela video laparoscopia a cirurgia é mais demorada e o médico precisa de mais experiência para manipular os aparelhos através do video, contudo a recuperação é mais tranquila e é quase sem dores.
Vale salientar que mesmo sendo por video,mas havendo alguma complicação pode ser necessário fazer o corte.

TROCAS DE EXPERIÊNCIA

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Se você já passou por muitas coisas tentando emagrecer, se já fez dietas malucas, se já passou somente a líquidos, se tomou remédios, se teve que recorrer a uma opção mais drástica, como a cirurgia bariátrica, enfim se já esperou algum milagre pra emagrecer, se fez algo muito bom que deu certo e fez com que você ficasse muito feliz, ou se fez algo que não aconselha que ninguém faça, compartilhe com a gente entre em perguntas/relatos deixe tua história que nós publicaremos!!!

Salmão com cebola ao vinho branco

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Ingredientes:
1/4 de c.c. de sal
1/4 c.c. de pimenta-do-reino moída na hora
4 filés de salmão
4 c.c. de margarina light
1/2 cebola roxa em fatias finas
2 C.S. de vinho branco seco
3/4 de xíc. de caldo de galinha
1 C.S. de mostarda
3/4 de c.c. de amido de milho
8 batatas calabresas cozidas partidas e douradas com casca
1 limão siciliano fatiado fino (opcional)
4 c.c. de tomilho ou estragão fresco picado

Modo de Fazer
Salpique a metade do sal sobre os filés de salmão e polvilhe com a pimenta. Numa frigideira antiaderente grande, derreta 2 c.c. da margarina em fogo alto. Coloque o filé de salmão e cozinhe por 7 minutos de cada lado, até que fique dourado e desfie facilmente com um garfo. Retire da frigideira e mantenha morno.
Na mesma frigideira em fogo brando, derreta o restante da margarina e refogue a cebola por 30 segundos. Junte o vinho e cozinhe mais 30 segundos.
Numa tigela junte e misture o restante do sal com o caldo de galinha, a mostarda, o amido de milho e bata vigorosamente. Despeje na frigideira quente e deixe ferver. Reduza o fogo e cozinhe até que o volume se reduza à 3/4 xíc., cerca de 1 minuto.
Arrume em cada prato um filé de salmão acompanhado de 2 batatas coradas e fatias de limão. Sirva o molho de vinho com a cebola por cima, salpicado com o tomilho.
Rendimento: 4 porções
Calorias : 282 calorias por porção

Fonte: Vigilantes do Peso

Sabotadores da dieta

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

por Arthur Kaufman
Psiquiatria

O alimento é um condutor de afeto. Isso acontece desde que a mãe alimenta seu filho recém-nascido até um grande número de situações que acontecem durante toda a vida. O problema é quando o alimento substitui os afetos, as rejeições, os confrontos, ou seja: a pessoa come para evitar situações complicadas e desagradáveis.

O encantamento associado à prisão através da comida aparece já em histórias infantis, como “Joãozinho e Maria”, onde os heróis, abandonados pelos pais, são seduzidos através dos doces pela bruxa (que pode ser interpretada pelas crianças como símbolo da mãe perversa, que não cuida); são anestesiados pelo açúcar e podem ser devorados pela “mãe má”, embora pensem que estão sendo cuidados (e todo dia a bruxa pede para “ver o dedinho”). A comida é também usada como forma de sedução, como no caso das “tortas” da Vovó Donalda, tia do Pato Donald.

Parentes, namorados, cônjuges e amigos desempenham, muitas vezes – até sem querer – o papel de sabotadores da dieta. Para algumas mães, a filha gordinha pode representar uma permanência mais demorada na infância, o que, simbolicamente, significaria uma juventude mais prolongada (ou envelhecimento mais retardado) para a mãe.

Já no casamento é comum engordar para manter o marido à distância e evitar o sexo; isto, curiosamente, não acontece nos casamentos mais infelizes (onde é mais fácil dizer “não!” e os maridos também já não estão interessados em sexo) – mas nos casamentos medianamente infelizes, onde a estabilidade da relação parece ser mais importante do que o amor-próprio e do que o próprio corpo. É principalmente nestas mulheres – desassistidas afetiva e sexualmente – que podemos observar como o lado feminino erótico e lúdico fica compactado dentro da gordura e da excessiva massa corporal.

Às vezes, o peso da mulher é o principal assunto de sua vida conjugal. Pode até acontecer de ela não emagrecer como forma de demonstrar resistência à vontade do marido. É claro que seu corpo se transforma num campo de batalha, mas ela parece estar querendo se convencer de que é melhor ser “gorda e independente” do que “magra e submissa”.

Os maridos podem exercer um importante papel na manutenção da obesidade da mulher. Uma das maneiras é estar constantemente solicitando que ela emagreça, embora o resultado é fazer com que a mulher se sinta ofendida e rejeitada. Outra forma é jogar diretas ou indiretas, onde são feitas comparações com outras mulheres; pode acontecer de a esposa se sentir tão culpada que até justifique o fato de ele ter uma amante “magra”.

Há maridos cuja especialidade é a “dupla mensagem”: eles enviam simultaneamente mensagens contraditórias entre si, de modo que qualquer resposta estará incorreta. Um exemplo freqüente de dupla mensagem é dar a entender à esposa que deseja vê-la magra e estar constantemente comprando bombons para ela, ou convidando-a para comer pizza.

O marido também boicota o regime da mulher quando obtém benefícios secundários da obesidade desta. Os motivos são vários, desde o medo da infidelidade dela (caso fique magra) – levando a ciúmes, suspeitas e ataques – passando pela falta de interesse sexual (onde a gordura é “culpada”) e chegando até a própria obesidade masculina (ele se sentiria desmoralizado e menos atraente sexualmente se apenas ela emagrecesse).

Fonte: Globo.com

Antiga dieta dos Vigilantes

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Essa dieta é antiga mas ainda funciona e bem!!!

Elimine até 3kg em 1 semana

Medidas

Sua mão fechada – equivale ao tamanho de 1 fruta média
1 batata média ou 1 xícara de alimentos
Sua palma da mão sem os dedos – igual ao tamanho de uma porção de bife ou de filé de frango
Sua mão inteira, palma e dedos – é o equivalente a 1 fi lé de peixe (não importa se for assado, grelhado ou frito)

Cores
Vermelho – Cuidado: Alimentos calóricos, que deve ser consumidos de vez em quando
Amarelo – Atenção! Consuma apenas de 9 a 12 pontos desses alimentos
Verde- Caminho livre! Pode consumir estes alimentos nas quantidades que
sentir vontade

Grupo Verde
Hortaliças: devem ser consumidas até três porções diárias e, no mínimo, dois tipos diferentes
Ervas e temperos: consumo livre
Frutas: o grupo das frutas é dividido em Livres (podem ser consumidas à vonta de, mas desde que seja uma porção de cada vez) e Limitadas (só podem ser consumidas até 2 porções por dia)

Frutas Livres
Equivalência 1 bolinha verde.
Abacaxi – 2 fatias médias
Acerola – 20 unidades
Caju – 1 médio
Goiaba – 1 média
Jaboticaba – 12 unidades
Kiwi – 1 médio
Laranja – 1 pequena
Limão – 1 pequeno
Maracujá – 2 unidades
Melancia – 1 fatia grossa
Melão – 1 fatia grossa
Morango -6 unidades
Pêssego – 1 médio
Tangerina – 1 grande

Frutas Limitadas
Equivalência 1 bolinha verde.
Ameixa frescas – 2 médias
Ameixas secas – 3 médias
Banana – 1 pequena
Caqui – 1 pequeno
Cereja – 12 grandes
Figo – 1 grande
Maçã – 1 pequena
Mamão – 1/4 médio
Mamão papaia – 1/2 médio
Manga – 1/2 pequena
Pêra – 1 pequena
Salada de frutas – 1/2 xícara
Uvas – 20 unidades
Uvas secas – 2 colheres (sopa)
Sucos s/ açúcar – 1/2 xícara

Grupo Amarelo
As porções devem ser divididas de forma igual entre todos os alimentos, mas são necessárias 2 porções de leite e 2 porções de gordura por dia. As mulheres podem consumir de 9 a 12 alimentos do grupo por dia. Os homens e os adolescentes podem consumir de 12 a 14 alimentos por dia.

Leites e Derivados
Equivalência 1 bolinha Amarela.
Leite desnatado – 1 xícara (chá)
Leite desnatado em pó – 2 colheres (sopa)
Iogurte Natural desnatado – 1 pote de 200g

Queijos
Equivalência 1 bolinha Amarela.
Prato , mussarela, – 2 fatias finas
Cottage – 4 colheres (sopa)
Minas – 1 fatia média
Ricota – 1 fatia média
Tofu – 1 fatia grossa

Cerais, grão e Pão
Equivalência 1 bolinha Amarela.
Arroz cozido – 1/2 xícara (chá)
Batata inglesa/doce – 1 média
Cereal Cru – 3 colheres (sopa)
Corn flakes – 1 xícara (chá)
Farinhas em geral -2 colheres (sopa)
Gérmen de Trigo- 2 colheres (sopa)
Feijão – 1/2 xícara (chá)
Massas (Macarrão)- 1/2 xícara (chá)
Pipoca sem gordura 3 xícaras (chá)
Pão árabe – 2 pequenos
Bisnaga – 1/4 de unidade
Pão Francês – 1 unidade
chá)
Pão de forma – 2 unidades
Água e Sal – 4 unidades
Salgado – 3 unidades
Pão de hambúrguer – 1 unidade
Pão de cachorro quente – 1 unidade

Ovo
Equivalência 1 bolinha Amarela.
Ovo inteiro – 1 unidade
Clara de ovo – 3 unidades
Ovo de codorna – 4 unidades

Carne
Equivalência – 1 bolinha Amarela.
Peixes cozido – 1 posta ou 1 filé
Frios de ave/peru – 3 fatias finas
Boi/vaca – 1 bife
Carne moída – 4 colheres (sopa)
Carne seca – 3 colheres (sopa)
Frango sem pele – 1 coxa ou 1/2 peito ou 1 filé

Gordura
Equivalência 1 bolinha Amarela.
Azeite – 1 colher (chá)
Óleo Vegetal – 1 colher (chá)
Margarina Vegetal – 1 colher (chá)
Margarina vegetal light – 2 colheres (chá)
Maionese – 1 colher (chá)
Maionese light – 2 colheres (chá)

Grupo Vermelho
Os alimentos do grupo vermelho são muito calóricos e engordam muito. Por
isso, devem ser restritos na alimentação. As mulheres podem comer apenas 8 alimentos desse grupo por semana. Já os homens e os adolescentes podem ingerir 12 alimentos do grupo vermelho por semana.

Equivalência 1 bolinha Vermelha.
Açúcar – 1 colher (chá)
Azeitonas – 4 unidades
Caldo de Carne Galinha e Legumes – 1/2 xícara (café) ou 1/2 cubo
Chiclete – 2 unidades
Chocolate em pó – 2 colheres (sopa)
Coco ralado – 2 colheres (sopa) .
Gelatina com sabor -2 colheres (sopa)
Geléia dietética – 1 colher (sopa)
Ketchup – 2 colheres (sopa)
Maisena – 1 colher (sopa)
Mel/Karo – 1 colher (sopa)
Queijo ralado – 1 colher (sopa)
Tapioca/ Sagu – 1 colher (sopa)
Vinho para cozinhar – 2 colheres (sopa)

Equivalência 2 bolinhas Vermelhas.
Água de coco- 1 xícara (chá)
Geléia – 1 colher (sopa)
Pipoca com gordura – 2 xícara (chá)

Equivalência 4 bolinhas Vermelhas.
Cerveja – 1 xícara (chá)
Cerveja light – 1 1/2 xícara (chá)
Vinho seco/Champagne 1/2 xícara (chá)

Sugestão de Cardápio

Segunda-feira
Café da Manhã
(3 amarelos e 1 verde)
1/2 mamão papaia médio
4 biscoitos cream cracker
2 colheres (chá) de margarina light
24o ml de leite desnatado
Almoço
(3 amarelos e 2 verdes)
1 posta de peixe assado
1/2 xicara (chá) de feijão
1/2 xícara (chá) de arroz
Salada de legumes ou verduras
1/2 xícara (chá) de salada de frutas
Lanche
(1 amarelo e 1 verde)
1 pote de iogurte natural com adoçante e canela
3 ameixas secas médias
Jantar
(3 amarelos e 2 verdes)
2 fatias de pão de fôrma
2 colheres (chá) de maionese light
1 lata de atum conservado em água
Salade de alface e tomate à vontade
1 maçã pequena
total: l0 amarelos e 6 verdes

Terça
Café da Manhã
(3 amrelos e 1 verde)
1 laranja pequena
Sanduíche de misto quente com 2 fatias de pão de forma, presunto
e queijo (1 fatia fina de cada)
240m1 de leite desnatado
Almoço
(3 amarelos, 2 verdes e 1 vermelho)
1 filé pequeno de frango
1/2 xícara (chá) de espaguete
1 colher (chá) de azeite
1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado
Brócolis, palmito e couve-flor à vontade
1/4 de mamão médio
Lanche
(1 amarelo e 1 verde)
240m1 de leite desnatado
1 goiaba média
Jantar
(3 amarelos, 1 verde e 1/2 vermelho)
1/2 xícara de arroz
1 bife pequeno
Salada à vontade
2 colheres (chá) de maionese light
1 xícara (chá) de gelatina diet
Total: 10 amarelos, 5 verdes, 1 e 1/2 vermelho

Quarta-feira
Café da Manhã
(3 amarelos, 1 verde e 1/2 vermelho)
1 fatia grossa de melão
1 pão francês
1 colher (chá) de margarina
240m1 de leite desnatado
1 colher (sopa) de chocolate sem açúcar
Almoço
(3 1/2 amarelos e 2 verdes)
1 bife à parmegiana (médio)
1 batata média
Salada verde e tomate
1 fatia grossa de melancia
Lanche
(1 amarelo e 1 verde)
3 xícaras (chá) de pipoca sem gordura
Limonada de 1 limão
Jantar
(2 e 1/2 amarelos e 2 verdes)
Sopão de legumes
1 salsicha
1 pão de cachorro-quente
1 colher de chá de maionese light
Mostarda
1 laranja pequena
Total: 10 amarelos, 6 verdes e 1/2 vermelho.

Quinta-feira
Café da Manhã
(2 amarelos e 1 verde)
1 xícara de com flakes
1 pêssego médio picado
240m1 de leite desnatado
Almoço
(3 amarelos e 2 verdes)
4 colheres (sopa) de carne moída
1/2 xícara (chá) de arroz
1/2 xícara (chá) de feijão
Salada de beterraba e cebola
10 uvas médias
Lanche
(1 amarelo e 1 verde)
1 pote de iogurte natural desnatado com adoçante
1/2 xícara (chá) de salada de frutas
Jantar
(3 amarelos e 3 verdes)
1/2 xícara (chá) de macarrão com molho
8 ovos de codorna
1/2 copo de suco de laranja
Salada de alface, tomate e cenoura ralada
Total: 9 amarelos e 7 verdes

Sexta-feira
Café da Manhã
(3 amarelos e 1 verde)
2 fatias de pão integral
1 fatia de queijo-de-minas
1 banana pequena
240m1 de leite desnatado
Café
Almoço
(5 amarelos e 2 verdes)
1/2 xícara (chá) de estrogonofe de frango ou de carne
1/2 xícara (chá) de arroz
1 1/2 xícara (chá) de purê de batata
Salada verde
1 tangerina grande
Lanche
(1 verde e 2 vermelhos)
1 pêra pequena
1 colher (sopa) de geléia comum
Jantar
(2 1/2 amarelos, 1 verde e 1/2 vermelho)
240m1 de leite desnatado
1 pão sírio pequeno
1 colher (chá) de maionese Iight
1 fatia fina de mussarela
Salada de alface e tomate
1 xícara (chá) de gelatina diet
Total: 10 1/2 amarelos, 5 verdes e 2 1/2 vermelhos

Sábado
Café da Manhã
(2 amarelos e 1 verde)
1/2 xícara (chá) de aveia cozida
240m1 de leite desnatado
6 damascos secos médios
Almoço
(3 amarelos e 3 verdes)
2 almôndegas
1/2 xícara (chá) de talharim
Legumes cozidos
Salada de pepino, cogumelos e legumes
1 colher (chá) de azeite
1/2 manga pequena
Lanche
(1 amarelo)
1 pote de iogurte natural desnatado
com adoçante e essência de baunilha
Jantar
(3 amarelos, 1 verde e 8 vermelhos)
1 fatia de pizza de mussarela
Salada de agrião, alface, escarola,
tomate, cebola e palmito
1/2 xícara (chá) de pudim de leite
Total: 9 amarelos, 5 verdes e 8 vermelhos

Domingo
Café da Manhã
(3 amarelos e 1 verde)
1 pão francês
2 colheres (chá) de margarina light
6 morangos
240ml de leite desnatado
Almoço
(3 amarelos e 2 verdes)
1 filé de peixe
1/2 xícara (chá) de batata
Salada de couve-flor
1 colher (chá) de azeite
20 acerolas
Lanche
(1 amarelo e 1 verde)
240ml de leite desnatado
1 banana pequena
Jantar
(3 amarelos e 2 verdes)
Sopão de legumes
1/2 xícara (chá) de grão-de-bico
1/2 xícara (chá) de arroz
1/2 peito de frango
2 fatias finas de abacaxi
Total: 10 amarelos e 6 verdes

O doce passa a ser alimento proibido?

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Todos os alimentos podem ser consumidos, não há proibição. Alimentos calóricos devem ser evitados, entre eles o doce, mas esporadicamente podem ser consumidos.

Fonte: Revista Corpore

Entre as atividades mais recomendadas para perder peso destacam-se: caminhada, step, aero box, bicicleta, natação e hídroginástica. Mas, para quem não tem um bom condiciona mento físico, o ideal é começar alternando os dias, caminhando três vezes por semana e praticando atividades aquáticas como hidroginástica e natação duas vezes por semana. Também não se deve deixar de fazer alongamento: ele é essencial para aliviar a ansiedade e preparar o corpo para as atividades.
O treinamento deve mudar no mínimo a cada três meses, para dar novos estímulos ao corpo. Após seis meses já se indica musculação, desde que seja treinamento específico e bem orientado, para que a flacidez não dê espaço para a massa gorda” novamente. Para quem deseja iniciar uma rotina de malhação sem sair de casa, os exercícios deste mês ajudam e muito. A seqüência é especial para quem já passou por um check-up e quer perder peso.

Fonte: Vida e Saúde

McDonald´s

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Sanduíches

Big Mac – 504 cal
Quarteirão – 558 cal
Mc Chicken – 444 cal
Cheddar MecMelt – 507 cal
McNífico Bacon – 619
Crispy Chicken – 514 cal
McDuplo – 405 cal
Cheeseburguer – 309 cal
Hamburguer – 256 cal
Queijo quente – 253 cal
Chicken Grill – 454 cal
McFish – 347 cal
Big tasty – 843 cal
McBacon Júnior – 343 cal

Acompanhamentos

McFritas Grande – 412 cal
McFritas Média – 288 cal
McFritas Pequena – 206 cal
Salad Shaker – 23 cal
McNuggets c/ 4 – 157 cal
Cenouritas do Ronald – 16 cal

Saladas

Pão para salada ( 2 unidades) – 72 cal
Premium Salad – 62 cal
Premium Salad Grill – 287 cal
Premium Salad Crispy – 327 cal

Bebidas

Coca- cola 300 ml – 120 cal
Coca- cola 500 ml – 200 cal
Coca- cola 700 ml – 280 cal
Coca- cola Light 300/500/700 ml – 0 cal
Guaraná 300 ml – 120 cal
Guaraná 500 ml – 200 cal
Guaraná 700 ml – 280 cal
Guaraná diet 300/500/700 ml – 0 cal
Fanta 300 ml – 157 cal
Fanta 500 ml – 262 cal
Fanta 700 ml – 367 cal
McFruit Laranja 300 ml – 164 cal
McFruit Laranja 500 ml – 274 cal
McFruit Maracujá 300 ml – 163 cal
McFruit Maracujá 500 ml – 272 cal
McFruit Uva 300 ml – 162 cal
McFruit Uva 500 ml – 269 cal
McFruit Limão 300 ml – 159 cal
McFruit Limão 500 ml – 265 cal
Água de coco 330 ml – 65 cal
Água de coco do Ronald – 39 cal
Achocolatado do Ronald – 174 cal

Molhos

Molho Agridoce (Blíster) – 45 cal
Molho Barbecue (Blíster) – 46 cal
Molho Mostarda (Blíster) – 52 cal
Molho Caipira (Blíster) – 50 cal
Molho Salda Caseiro (Sachê) – 140 cal
Molho Salada Tomate Seco (Sachê) – 44 cal
Molho Salada Ranch (Sachê) – 109 cal
Catchup (Sachê) – 10 cal
Mostarda (Sachê) – 4 cal

Estudo do HC mostra que alguns pacientes submetidos à cirurgia de redução de estômago sofrem de alcoolismo, anorexia, bulimia, bruxismo e dentes quebradiços depois de cinco anos de operação

Alguns pacientes submetidos à cirurgia de redução do estômago apresentam, após cinco anos ou mais, um considerável novo ganho de peso. Além disso, outros distúrbios também estão sendo observados no mesmo período após a operação, entre eles o alcoolismo, anorexia, bulimia, bruxismo, aumento excessivo de cáries e dentes quebradiços.

As informações vêm sendo obtidas e interpretadas por um grupo de estudo multidisciplinar do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP. O objetivo do estudo, ainda em andamento, é demonstrar que só a cirurgia, que é feita no hospital há nove anos, não basta para o sucesso do tratamento utilizado para a diminuição drástica do peso.

Segundo a psicóloga Marlene Monteiro da Silva, de um grupo de pacientes operados pela técnica Fobi-Capella entre cinco e nove anos atrás, 13% voltou a um estado de obesidade mórbida, com um índice de massa corpórea (IMC) superior a 40. O IMC é obtido dividindo-se o peso da pessoa pela altura ao quadrado. No total, 64,15% voltou a ser obeso, com um IMC maior que 30.

Após a cirurgia, espera-se que o paciente emagreça a quantidade almejada e, depois, engorde dez quilos novamente. Porém, entre os 53 pacientes pesquisados, 58,5% ganhou mais que dez quilos, 39,6% mais de vinte quilos e 13,2% engordou mais de trinta quilos. Somente 7,84% dos pacientes mantiveram o peso ideal ou emagreceram demasiadamente (nos casos de bulimia e anorexia).

"Trata-se de resultados brutos e ainda não foram feitos estudos estatísticos. Os dados não foram correlacionados com as questões orgânicas e a integridade da cirurgia. Mas não deixa de ser um alerta a pacientes e médicos: a cirurgia não deve ser entendida como uma fórmula mágica", explica Marlene.

Compulsão
De acordo com o médico e coordenador do grupo, Bruno Zilberstein, o estudo pretende mostrar que a operação não é o fim do tratamento. "Esses pacientes podem substituir uma compulsão por outra. O segredo para o sucesso é o acompanhamento", explica.

Para Marlene, o caso do alcoolismo, observado em 18% dos mesmos 53 pacientes estudados, é um dos exemplos da troca de compulsão. As pessoas começam a aproveitar o benefício social do emagrecimento – diferentemente da condição anterior, na qual elas não saíam de casa – passando, assim, a beber excessivamente.

"A obesidade, porém, é um sintoma de problemas anteriores a isso. Existe, no obeso, a necessidade de se esconder de alguma coisa que vai ser descoberta somente após a cirurgia", conta a psicóloga, acrescentando que perto de 80% das pessoas apresentam um quadro de depressão tanto antes quanto depois da cirurgia.

"A pessoa passa a comer menos porque o estômago não admite maior volume de alimento, e não porque tenha deixado voluntariamente o hábito de comer em grandes quantidades", observa o médico Joel Faintuch. Os retrocessos na perda de peso, segundo ele, vêm também pelo fato de o estômago operado ainda ter a capacidade de se dilatar, "podendo ampliar seu volume em até quatro vezes".

Problemas bucais
Os dados a respeito de distúrbios odontológicos são inéditos e mostram que metade dos pacientes retornou ao médico com alguma queixa. Cerca de 80% estava com os dentes quebradiços e 60% apresentava um aumento no número de cáries. Esses problemas foram observados tanto em pacientes vindos do Sistema Único de Saúde (SUS) quanto de planos de saúde particulares, o que mostra que a situação está pouco ligada à classe socioeconômica dos pacientes

Segundo a dentista Vera Lúcia Kogler, os motivos exatos desses problemas ainda estão sendo estudados. "Porém, isto pode estar relacionado com um problema na absorção de nutrientes já observado; com refluxos gastro-esofágicos; com um ressecamento da boca, fruto da medicação administrada ou ainda com vômitos".

A cirurgia de redução de estômago é um dos principais temas do 32º Gastrão, evento que conta com a participação de cerca de mil médicos especialistas em cirurgia do aparelho digestivo. No evento, que começou nesta segunda (dia 4) e vai até sexta (8), no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, haverá conferências, mesas-redondas e transmissão de cirurgias ao vivo.

Fonte: Agência USP de Notícias