Para orgulho dos familiares, a catarinense Kalínka foi um bebê gordinho e lindo. “Era boa de boca e todo mundo achava bonito. A sorte é que sempre fui muito ativa, o que não me deixava virar uma bola gigante:’ A espevitada menina sempre fez um pouco de tudo: natação, balé, street dance, capoeira e vôlei. Só que, aos 13 anos, a médica reforçou que estava mesmo acima do peso, começou então a se preocupar de verdade com o corpo. Tinha uma TPM absurda, procurava chocolate até debaixo da cama. Aos 14 anos, quando se preparava para dançar a valsa de aniversário de uma amiga, quase desistiu do vestido longo. “Me olhava no espelho e me sentia muito incomodada, principalmente com o peito imenso que ficava sufocado na roupa". Quando completou 15 anos, Kalinka fez um pacto com sua mãe: ia emagrecer e participar de um concurso de beleza. “Cheguei a comer 21 fatias de pizzas no rodízio e tive que tomar conciência de que não precisava de toda aquela comca cara ficar bem". Decidida e, com a ajuda da mãe a garota mudou seus hábitos à mesa: cortou os biscoito com doce de leite e a dúzia de wafers com requeijão. Trocou o leite integral pelo desnatado e o achocolatado comum pelo light, começou a comer laranja, para melhorar o intestino; passou a caprichar nas saladas, e reduziu pela metade os carboidratos. A empolgação da perda de peso inicial tomou conta de Kalinka, que procurou um clube perto de casa para malhar. “Comecei fazendo musculação e bicleta, Quando enjoei dos exercícios, procurei uma academia para diversificar as aulas". Hoje, ela intercala cinco vezes por semana aulas de localizada, musculação, alongamento e step e faz o percurso de casa até o local da malhação com uma bicicleta. Mais um ano foi o suficiente para Kalinka exterminar os outros 5 quilos. “Não ganhei o concurso de Garota Verão 2005, que participei, mas me considero uma encedora, pois mudei meus hábitos e sei que nunca mais pesarei 61 quilos!
Altura: 1,67 metro
Peso Atual: 53 quilos

Fonte: Boa forma ed 219 seção : Eu consegui!

Quem deve tomar remédios para emagrecer?

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Bem indicados e sob rigoroso acompanhamento médico, eles podem ajudar no emagrecimento. Mas, definitivamente, não fazem milagres. Quem já tomou sabe que os medicamentos para emagrecer têm (mesmo) efeitos colaterais, podem causar dependência e, o pior: se você parar de tomar e não mudar a alimentação, vai engordar tudo de novo. De milagrosas, essas pílulas não têm nada. Elas são indicadas para quem está muito acima do peso ideal, ou seja, que apresenta um índice de Massa Corpórea (IMC) acima de 30 (ou 25, caso haja doenças associadas ao excesso de peso, como diabetes e Hipertensão). Quando chega a esse ponto a gordura oferece mais riscos à saude do que as reações adversas dos remédios. Tomar remédio para emagrecer 5 quilos não vale a pena.Os efeitos colaterais não compensam e há o risco de se recuperar o peso perdido – e mais um pouco – se não hovver uma mudança de hábitos, explica o endocrinologista Marcio Mancini.
Para a maioria das mulheres que quer se ver livre daqueles 2 ou 3 quilinhos indesejados, a recomendaçào continua sendo a reeducação alimentar e o exercício físico.
A ansiedade para perde alguns quilos em pouco tempo leva muitas a apostar em fórmulas manipuladas, um verdadeiro perigo. Médicos inescrupulosos receitam misturas com moderadores de apetite, diuréticos, laxantes e hormônios para tireóide, além de ser uma maneira enganosa de eliminar o peso- afinal não é a gordura que vai embora, mas a água e o músculo- os efeitos negativos se potencializam. Os profissionais sérios ainda fazem uma segunda ressalva aos medicamentos manipulados em farmácia: por não haver controle rigoroso, as dosagens e os componentes podem estar longe do ideal.

Fonte: Boa Forma: ed 219

MARIA MOLE QUASE SEM CALORIAS!!!

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Maria mole em versão light, com pouquíssimas calorias.`´E uma ótima pedida pra quem esta de dieta, mas não dispensa aquele docinho na hora da sobremesa.

Ingredientes
4 claras
2 col de sopa de coco ralado desengordurado
2 envelopes de gelatina sem sabor
1 copo 200ml de água morna + 4 col de sopa de adoçante culinário

Modo de Fazer
Bata as claras em neve, sem deixar muito firme. Acrescente o adoçante aos poucos e reserve. Dissolva a gelatina sem sabor dwe acorod com as instruções de embalagem e junte á água morna. Bata por 10 min na batedeira ou até obter um creme homogêneo. misture as claras em neve com um colher d epau. umedeça uma assadeira pequena despeja a massa e leve a geladeira por 2 horas. Corte em quadradinhos de 4 cm e passe no coco.

Melhor da História
25 pedaços de 6 cal cada

Não. Há cortes suínos menos calóricos que frango ou carne de vaca. Uma coxa de frango sem pele com 100 gramas é mais calórica que um bife de lombo com o mesmo peso. Outra supresa: uma fatia de pernil assado é mais magra que um de peito de frango ou um bife de patinho à milanesa, Embora as modernas técnicas pecuárias
estejam tornando o porco cada vez mais light, não quer dizer que você pode abusar. "Tire a capa de gordura do pernil, fuja do torresmo e coma a carne grelhada ou assada”, diz a nutricionista Mariana Bosco de São Paulo.

Fonte: Boa Forma ed 219

Gordura Saturada

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Mais um motivo para você manter distância dela: além de ser hipercalórica e colocar em risco a saúde do coração, a gordura animal, presente na manteiga, leite integral, queijos amarelos e carnes altera as funções do hipotálamo, a região cerebral que controla a fome e o metabolismo. Um estudo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) concluiu que cobaias submetidas a uma dieta rica nesse tipo de gordura tiveram inflamação no hipótalamo. Depois de tratadas por uma droga capaz de inibir esse processo inflamatório, passaram a comer menos e perderam de 10 a 15% da massa corporal em uma semana. A descoberta abre caminho para pesquisas sobre medicamentos antiinflamatórios coadjuvantes no tratamento da obesidade”, explica Lício Velloso, responsável pela pesquisa na Faculdade de Ciências Médicas. A experiência inédita no mundo, terá seqüência com a pesquisa de novas drogas de ação antiinflamatória.

Fonte : Boa Forma ed 219

Malhar menos

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Malhar 40 min 4 vezes por semana.

"Músculos enganados ficam mais firmes" O truque é do personal trainer
Xande Negão. Apostar no “princípio de confusão muscular”. Parece estranho, mas
é simples. Consiste em alternar cargas leves e pesadas durante a semana para surpreender o músculo “Assim,podemos exercitar várias fibras sem cansar e o risco de acidentes é menor, explica o personal.

Fonte: Boa Forma ed 219

Tratamentos Moderados

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Drenagem Linfática Power

Une a drenagem tradicional (elimina os líquidos retidos) com a massagem modeladora (levanta o bumbum e delineia as coxas) e a redutora de medidas (diminui a barriga e afina a cintura). “As manobras estimulam o sistema linfático e são bastante vigorosas, especialmente nas regiões onde há maior acúmulo de gordura. Nessas áreas é aplicado um creme à base de cavalinha, centella asiática e cafeína, seguido de ultra-som durante 15 minutos para aumentar a dissolução das células adiposas”, explica a fisioterapeuta Camila Quatroni, da Clínica Le Drenage (SP). Caso a pessoa tenha muita celulite, ainda são colocados lenços umedecidos com ingredientes lipo-redutores.
Preço da beleza: podem surgir pequenos hematomas porque a pressão da massagem aumenta gradativamente a cada sessão.
Primeiros resultados: com dez sessões, a silhueta afina entre 2 cm e 6 cm e a textura da pele melhora significativamente, porém o efeito mais otimista aparece por volta da vigésima aplicação.
Tratamento completo: são feitas duas sessões por semana, num total de dez.
Manutenção: no primeiro mês é feita uma massagem por semana; depois o intervalo vai para dez dias.

QUEM OU O QUÊ IMPEDE SEU SUCESSO?

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

Você mesma!

Mate esse velho “você”. Depois, deixe nascer um “você” renovado, cheio de determinação, livre das amarras, do medo e da falta de esperanças.
Você se lembra do que prometeu a si mesma no início do ano? Duvido que não tenha estabelecido uma meta, feito uma daquelas promessas típicas de Ano Novo… E então, cumpriu? Se a resposta for afirmativa, você merece meus parabéns. Pena que todas não possam dizer o mesmo. Verdade. O que mais vejo por aí é gente triste se queixando de fracasso nesse quesito. É sempre assim, a gente traça um rumo, elabora um plano e, então, aparece alguma coisa ou alguém para atrapalhar. Por exemplo, você decide que vai correr no parque todo dia de manhã. Mas, bem no dia em que vai começa cai aquele toró. Correr na chuva é pedir demais, não dá pra encarar, né? O pior é que no dia seguinte, você já perdeu o pique e não quer mais saber de se aventurar num jogging saudável…
Mesmo quando o compromisso é outro, como o de dar uma trégua ao bolo de chocolate e se alimentar de forma mais saudável, alguma coisa acontece e sai tudo errado. Quer ver? Basta o namorado (aquele ingrato!) lhe dar o maior fora para você quebrar na hora o juramento. Afinal, não é possível superar a dor-de-cotovelo sem um delicioso bolo de chocolate, não é mesmo?
Olha, sinceramente eu sugiro que você dê um jeito em quem está atrapalhando o seu sucesso. O que me faz lembrar de uma história… Dizem que havia uma empresa que estava indo quase à falência. E todos se queixavam da rotina e da falta de oportunidades de crescimento.
Até que, um dia, os funcionários encontraram, logo na entrada da empresa, um cartaz em letras graúdas com os dizeres: “Faleceu a pessoa que impedia seu crescimento na empresa. O velório está sendo realizado no salão social”. De imediato, o sentimento foi de surpresa: “Morreu alguém da empresa!” E logo depois, veio a pergunta: “Mas quem era esse infeliz que estava me atrapalhando?” No centro da sala, as pessoas faziam fila para ver o falecido. Abaixavam-se, curiosas, e depois saíam desconcertadas, em absoluto silêncio, com uma expressão de susto e profundo pesar. No caixão, havia simplesmente um espelho. Todos enxergavam-se a si mesmos.

Aposte em você!
Isso significa dizer que, se existe alguém que pode atrapalhar os seus planos, esse alguém é você. Da mesma maneira que, se há uma pessoa no mundo capaz de levar você para a frente, essa pessoa não é outra senão você. Mas não esse você como é hoje. Estou falando de outro “você”. Um “você” renovado, livre das amarras, do medo, da falta de esperança. No entanto, para esse novo ser vir à tona, é preciso enterrar o velho. Por isso, eu aconselho que mate esse velho ser, sem dó nem piedade. E, então, despeça-se dele. É difícil abandonar velhos hábitos, velhos vícios, velhos preconceitos… Mas, depois que o luto passar, assuma uma vida nova, vibrante e ativa. Note bem: eu não estou sugerindo que tente ser o que não é.
De jeito nenhum, pois a falsidade nunca é duradoura, prova disso são essas promessas de Ano Novo que se sucumbem nos primeiros meses… Sugiro apenas que você tente extrair de si mesma a melhor pessoa que puder com aquele poder de transformação que todo o mundo tem. Tenha a certeza de que, dentro de cada uma de nós, há sempre algo novo e precioso, esperando somente uma oportunidade para vir à luz.

Fonte : Dieta Já: Luculia Diniz

Quem deve fazer a Cirurgia?

setembro 15th, 2016 | Posted by Giselle in Arquivo - (0 Comments)

A Cirurgia deve, primeiramente, ser indicada por um médico especialista.
Os critérios que os médicos usam para saber quem deve fazer a cirurgia é o cálculo do IMC (Índice de Massa Corpórea)que é calculado da seguinte forma: Peso dividido pela altura ao quadrado
Se o resultado for maior que 40, significa que a pessoa é obesa mórbida e deve fazer a cirurugia, caso não haja nenhum outro motivo que a desqualifique.
Se o resultado for entre 35 e 40, e o paciente possuir alguma doença associada como dibetes ou pressão alta a cirurgia também é indicada.
Vale lembrar que cirurugia é uma das últimas opções para emagrecer, por possuir riscos, desta forma é necessário que a pessoas já tenha tentado outros tratamentos e esteja com peso acima mais ou menos estacionado a pelo menos 18 meses.